segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Comunidades intermunicipais e provincianismos (ii)

Parece que o referendo em Viana do Castelo vai mesmo avançar. Deve ou não o concelho juntar-se aos outros nove que constituem o distrito do Alto Minho na futura comunidade intermunicipal?

No fundo, compreendo os argumentos utilizados pelo presidente da CM de Viana do Castelo, não é justo que cada municipio tenha apenas um voto, mas na hora de pagar contribuições já paga mediante a população.

Não compreendo é certas declarações de Defensor Moura: "Não quero ser presidente da CM de Melgaço" ou "A plataforma logistica de Valença é fruto de jogos de interesse [da futura comun intermunicipal], então se é para apoiar o Porto de Vigo devia estar em Espanha, se é para apoiar o porto de Viana devia estar em Viana"...

Sinceramente não compreendo como um autarca pode mostrar tanta ignorancia.

A plat log de valença serve para fazer concorrencia à plataforma do Porto de Vigo e foi sugerida por Antonio Freitas, antigo presidente da CP Carga. Esta infra estrutura faz parte do plano do MOPTC "Portugal Logistico" e não de decisões de autarcas da região...

9 comentários:

Gisela Rodrigues disse...

Para peceber melhor o problema para quem não está a par da situação podes explicar ?

Salem disse...

ok,vou tentar resumir:

As duas comunidades intermunicipais do distrito de Viana do Castelo vão se fundir, no entanto o concelho de viana rejeita integrar a nova comunidade uma vez que cada municipio tem um voto, independentemente da população que detem, e paga diferentes taxas mediante a população.

Essa é a razão que vem a publico, no entanto há uma rivalidade entre o PC de Viana do Castelo e o de Melgaço (que será o presidente da futura comunidade) que parece condcionar a adesão de viana.

A margem de todo este processo, o MOPTC, em 2006 lançou um programa de plataformas logisticas para portugal, sendo que uma delas será localizada em Valença (Com a categoria de plataforma fronteiriça).

Voltando ao processo, o PC de viana critica a localização desta plataforma como sendo fruto de jogos de interesses dos autarcas da regiao de valença, melgaço, etc..

A acrescentar, a oposição a CM de viana (PSD) veio hoje dizer que a plataforma só não foi em viana porque a CM n teve estrategia...

E é assim, gisela, que o concelho de viana do castelo é governado..

Gisela Rodrigues disse...

Pois, quem fica prejudicado entretanto são os munícipes que não vêm as suas contribuições aplicadas no sentido de desenvolver o distrito mas sim promover conflitos (verbais) e percas de tempo inúteis. Não é ?

Salem disse...

sim, mas o que mais me deixa triste é ver camara e oposição revelarem uma enorme falta de conhecimento sobre o que estão a falar..

sandra cunha disse...

Concordo com o último comentário sem dúvida que não se tem feito um esforço por esgrimir argumentos coerentes e sobretudo com alguma objectivadade!

Anónimo disse...

A posição de Defensor Moura (PS) é claramente uma guerra silenciosa com o outro guru socialista do distrito, Rui Solheiro. A história não é nova e repete-se. O argumento da proporcionalidade utilizado é apenas para ocultar esta fixação pessoal do autarca. Nas Assembleias Municipais, cada freguesia tem um voto, independentemente da sua dimensão e população. Mesmo que Moura tivesse a percentagem que quer, nunca teria a maioria. Isto é, dependeria sempre de terceiros para aprovar as suas decisões. Ao contrário do que diz Moura, as despesas serão divididas por igual entre todos os municípios e a orçamentação terá que ser aprovada por cada assembleia municipal. Moura prefere ficar só, perdendo milhões do QREN. Diz que se vai demite caso perca o referendo o que demonstra que os votos do vianenses só servem para seu uso pessoal, pois os votos que o legitimaram nas autárquicas serão agora desprezados pelo presidente da câmara caso perca. Viana e as suas freguesias não podem perder por causa de birras de meninos grandes que andam à brincar à politica no distrito.

Macieluxcitânia disse...

« Blogger Gisela Rodrigues disse...

Para perceber melhor o problema e, para quem não está a par da situação podes explicar ?

14 de Outubro de 2008 17:53
Blogger Salem disse...

Certo (ok , NÃO é PORTUGUÊS !Só se for óqueijo ... ),vou tentar resumir:

As duas comunidades intermunicipais do distrito de Viana do Castelo vão - se fundir, no entanto o concelho de Viana rejeita integrar a nova comunidade uma vez que cada município tem um voto, independentemente da população que detém, e paga diferentes taxas mediante a população.

Essa é a razão que vem a publico, no entanto há uma rivalidade entre o PC de Viana do Castelo e o de Melgaço (que será o presidente da futura comunidade) que parece condicionar a adesão de Viana.

Á margem de todo este processo, o MOPTC, em 2006 , lançou um programa de plataformas logísticas para Portugal, sendo que uma delas será localizada em Valença (Com a categoria de plataforma fronteiriça).

Voltando ao processo, o PC de Viana critica a localização desta plataforma como sendo fruto de jogos de interesses dos autarcas da região de Valença, Melgaço, etc..

A acrescentar, a oposição á CM de Viana (PSD) veio hoje dizer que a plataforma só não foi em Viana porque a CM não teve estratégia...

E é assim, Gisela, que o concelho de Viana do Castelo é governado..

14 de Outubro de 2008 22:41
Blogger Gisela Rodrigues disse...

Pois, quem fica prejudicado entretanto são os munícipes que não vêem as suas contribuições aplicadas no sentido de desenvolver o distrito mas sim , no de promover conflitos (verbais) e percas de tempo inúteis. Não é ?

15 de Outubro de 2008 11:26
Blogger Salem disse...

Sim, mas o que mais me deixa triste é ver câmara e oposição revelarem uma enorme falta de conhecimento sobre o que estão a falar..

15 de Outubro de 2008 23:24
Sandra Cunha disse...

Concordo com o último comentário . Sem dúvida que não se tem feito um esforço por esgrimir argumentos coerentes e sobretudo com alguma objectividade!

21 de Outubro de 2008 15:12 »

Julgo que , para quem está interessado na Evolução regional mas num sentido mais alargado de Portugal , escrever PORTUGUÊS da maneira acima , é muito mau começo !
Comparem as emendas , com o que foi escrito pelos vários interlocutores .

Anónimo disse...

Segue-se a aula de gramática. Alguém sabe como se usam as vírgulas?
«comparem ass emendas, com o que foi escrito pelos vários interlocutores.»

Macieluxcitânia disse...

As vírgulas , são usadas no sentido de pausar a frase e só á frente da palavra certa .
Na verdade (vírgula!) , só quem não tem nada com que pegar (vírgula!) , pode escrever um comentário idiota como este do sr.anónimo .
Para além disso (vírgula ! ) , quem não sabe escrever PORTUGUÊS ( vírgula ! ) , e pior do que isso ( vírgula ! ) , não tem a HUMILDADE de aceitar que não sabe ( vírgula ! ), não pode pretender mudar seja o que fôr neste país( vírgula ! ) , antes de se mudar a si próprio ...
Como a culpa (vírgula! ) , a responsabilidade neste país ( vírgula ! ) , morre sempre solteira ...
De anónimos e boas intenções (vírgula ! ) , está o INFERNO CHEIO ( PONTO FINAL ! ) .