terça-feira, 17 de julho de 2007

A28 terá mesmo portagens


O Governo garante que a decisão está tomada e é para implementar até ao final deste ano. «A A28 vai ter portagens em toda a extensão, que estava prevista», afirmou ontem o secretário de Estado adjunto das Obras Públicas e das Comunicações, na inaugruação dos arranjos da Ponte de Fão, mostrando-se apenas aberto para negociar com os autarcas «a melhor para a sua implementação no terreno».


O Secretário de Estado Paulo Campos – que presidiu ontem à reabertura oficial da Ponte de Fão a ligeiros e autocarros, ao fim de seis anos de anos de condicionamento e 18 meses de obras – optou por “atacar de frente” a questão e anunciou a intenção do Governo de «concluir, até ao final deste ano, o processo de implementação de portagens nas diversas vias, até agora sem custo directo para o utilizador (SCUT)».

4 comentários:

Salem disse...

infelizmente era aquilo que nós esperavamos, vamos agora voltar aos velhos tempos de passar no centro de Esposende, Povoa e Vila do Conde para escapar às portagens.
Mas atenção: na A3, entre Ponte de Lima e Valença nunca houve uma alternativa viável, a via passa em pleno Alto Minho (região ainda abaixo da media nacional e como tal mereceodra de scut) e sempre teve portagem..

j.p. disse...

É ridiculo. Espero que a câmara de Viana do castelo cumpra o que afirmou e ponha á entrada da cidade portagens para os camiões.
Qual é a alternativa para entrar no Porto?

asc disse...

Sou de Braga e sempre que saio da minha terra tenho de pagar! Seja para norte, Valença, para sul, Porto, para leste, Fafe ou para oeste, Apúlia! Será que nós temos alternativas?
Muitas outras terras estão na mesma situação! Porque é que uns pagam e outros não?

HS disse...

Estou plenamente de acordo com o principio utilizador/pagador.
Agora só falta o IC 17; IC 19; CREL; IC1; Via do Infante; A1 até Alverca; A23 ...
As Portagens são apenas para o NORTE, ainda ninguém viu isso?